A língua

Entre o 30 de Março e o 2 de de Abril de 2006 está a celebrar-se em Vila Garcia de Arousa o I Salón Erótico del Atlántico (SEDA). A sua web apenas oferece versões em espanhol e inglês, mas nom me consta que A Mesa enviasse a sua habitualmente pontual nota de imprensa para protestar pola ausência do galego. Por quê? É certo que às vezes é difícil marcar a linha divisória entre o mundo do erotismo e o sórdido submundo da exploraçom sexual. Mas nom é menos certo que a mesma associaçom reclamou recentemente que as procissões da Semana santa nom ignorem a nossa língua, e a Igreja católica possui também um arrepiante historial de crimes e obscurantismo.

No entanto, em Manresa está programado os próximos dias 7, 8 e 9 de Abril a mostra Sexe en català, um salom que pretende dinamizar a normalizaçom lingüística dos produtos e tecnologias da poderosa indústria do sexo na Catalunha (etiquetagem, dobragens, publicações, web). Para Bibian Norai, actriz porno e porta-voz do salom: «um povo nom está normalizado entanto nom pode desfrutar da sua sexualidade na sua própria língua e com produtos pensados especificamente para eles». Sem pretender polemizar com ela, acho que o desconhecimento do idioma nunca foi um obstáculo para seguir o argumento de um filme porno. De facto, a escassa importância da língua (no sentido de “idioma”, nom no de “músculo da boca”) e os baixos custos de produçom na indústria do erotismo permitem-lhe exportar facilmente os seus produtos. Aqui temos um exemplo do país.

3 Comments

  1. Posted Abril 1, 2006 at 10:50 am | Permalink

    home, entre erotismo e exploraçom sexual creo que hai unha distancia importante, entre pornografia e exploraçom sexual tamen…

    sobre o da Mesa pareceme a tipica ranciada progrenacionata purista… en fin…

  2. Posted Abril 2, 2006 at 12:14 pm | Permalink

    Eu dizia-o como adiantando-me ao argumento esperável, berto. Uma das características da political correctness é a previsibilidade.

  3. Posted Abril 2, 2006 at 1:10 pm | Permalink

    😛 agree


Publicar um Comentário

Required fields are marked *

*
*

%d bloggers like this: