Category Archives: pop

Panem et circenses

Tráiler do documentário Bread & Circuses – A Film about Os Mutantes, de Jeff McCarty. Anúncios

Caetano al(i)terado

O ganesh da entrada anterior lembrou-me Rocks, a cançom que recentemente me reconciliou com um Caetano Veloso que, aos seus 64 anos, conseguiu ser um imaduro: rocks [ouvir aqui] tatuou um ganesh na coxa chegou com a boca roxa de botox exigindo rocks animais metais totais letais eu não dei letra tu é gênia, gata, […]

On s’en fout pas

Desculpai se este blog nom se actualiza com a frequencia habitual, mas ele e mais eu estamos durante uns dias em Paris, essa cidade tam maravilhosa para os olhos como dolorosa para os pes. Sobretudo em jornadas como a de ontem: cinco quilometros dando choutos entre La Bastille e Les Invalides deixam baldado o mais […]

Letras e músicas

Galiza a Eurovision é o blog colectivo que argalhou Maria para falarmos das Músicas na semana das Letras. Por enquanto há contributos de Ascárida, Berto, Maria, Ra e este seu seguro servidor. E sobretudo nom esqueçam visitar esse autêntico guru eurovisivo que é o Boss.

La condition / Sine qua non / De ma raison

Continuo com a minha desordenada homenagem a Serge Gainsbourg no 15º aniversário da sua morte. Melody Nelson, de 1971, é um álbum conceitual que conta a história da paixom de um homem de meia idade por uma adolescente. Como nos ensinou Nabokov, essas histórias devem acabar em tragédia. Um francês decadente guia o seu Rolls […]

Annie aime les sucettes

Génio, provocador, punk, humorista, sedutor, fumador, poeta, francês, judeu, cineasta, bêbado, freak, chic, boémio, vaidoso, feio, cool, intelectual. Tudo isso e muito mais era Serge Gainsbourg. Em 1965 resultou vencedor do festival de Eurovisom com Poupée de cire, poupée de son, interpretada pola adolescente France Gall. Mas a melhor colaboraçom entre ambos artistas foi sem […]

They want you as a new recruit!

Da Wikipedia: Em 1979, a US Navy cavilou que In the Navy, o hit dos Village People, podia servir como tema musical para uma campanha de recrutamento. A banda nom o pensou duas vezes e cedeu os direitos, sob a condiçom de que a Marinha de guerra estadounidense lhes ajudasse a gravar o vídeo-clip da […]

Et nous vivions de l’air du temps

La Bohème (Charles Aznavour, 1965) P.S. Nom sei por quê, mas aqui o vídeo demora em carregar. O link directo é este.

Youth music festival

A foto (de telemóvel) está feita hoje mesmo no centro comercial Área Central de Santiago D.C.

Passiel

Thanks, Ra Génio e figura até à sepultura sinecura.

Esse é o meu país

Igualdade racial, social Negro e branco tratados de igual pra igual boas escolas, analfabetismo inexistente saúde em alta, bons hospitais, atendimento eficiente mortalidade infantil há muito eliminada pobreza não se vê: foi erradicada criminalidade cai 90% todos têm moradia, ninguém ao relento policiais educados, segundo grau completo recebem salário digno, equipamento moderno não abusam do […]

Burqas e nom só

A cantora libanesa Nancy Ajram  A recente polémica sobre as caricaturas de Maomé permitiu-me tirar várias conclusões. A mais importante é que a realidade nom é tam plana como nos pretendem fazer ver. É certo que muitos países de tradiçom muçulmana sofrem uma regressom integrista cujas primeiras vítimas som as próprias populações (por exemplo, as […]